escoliose-1040x555

A prática do Pilates no combate aos sintomas da escoliose

Muitas pessoas reclamam diariamente de dores nas costas e sofrem com o incômodo causado pela escoliose, uma alteração no eixo vertebral apresentada como um desvio lateral, que pode ser em forma de “C” ou “S” e pode se manifestar na infância, adolescência ou somente na fase adulta.

scoliosis-482b7e-h900

A escoliose pode ser classificada como estrutural e não-estrutural. A primeira pode ser sem causa aparente, neuromuscular ou osteopática. Já a segunda pode ser causada por espasmo ou dor muscular da coluna vertebral por compressão de raiz nervosa ou outra lesão na coluna, pela assimetria de membros inferiores, e, ainda, por maus hábitos posturais.

O reequilíbrio muscular pode gerar um efeito analgésico importante nas escolioses em geral. A prática do Método Pilates, por meio de sua proposta sistêmica de trabalho na qual todo o alinhamento esquelético é observado, evita
compensações indesejáveis e falsos ganhos. O portador de escoliose pode perceber a diminuição da dor gerada pelo desvio, além da melhora do condicionamento físico, da flexibilidade, da amplitude de movimento e do próprio alinhamento postural.

Algumas pesquisas recentes têm mostrado resultados satisfatórios na utilização do Pilates para redução do grau de escoliose. Além disso, o trabalho adequado com o Método é reconhecido por ajudar a aliviar pinçamentos e compressões de discos vertebrais, melhorando a circulação nas regiões afetadas e o quadro como um todo.

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter para receber novidades todas as semanas, prometemos só mandar coisas legais :)



Quer mais informações?

Preencha seus dados abaixo para que não haja dúvidas :)





Champagnat

R. Edmundo Saporski, 80

41 3029-1785