Young pregnant women doing exercise using a fitness ball

Pilates na gestação. Pode?

Muitas mulheres têm dúvidas se podem continuar ou iniciar a prática do Pilates durante a gestação. Este período, embora gratificante para a mulher, é também cercado de tabus, principalmente no que diz respeito à prática de exercícios.  Porém, fazer atividade física durante a gravidez pode diminuir possíveis dores da gestante, além de garantir força e alongamento musculares, condicionamento físico, o que beneficia o trabalho de parto.

O Pilates é uma das melhores escolhas de exercício físico neste período. O método não só é permitido na gravidez, como é altamente recomendável, desde que haja liberação médica, necessária para a prática de qualquer tipo de atividade física durante a gestação.

Como o Pilates pode me ajudar na gravidez?

O método Pilates é uma opção segura e eficiente de trabalho corporal para este momento tão especial na vida da mulher. Muitas alterações corporais ocorrem a cada trimestre da gestação e o desenvolvimento do trabalho é pensado progressivamente para cada etapa.

O Pilates faz com que o corpo fique mais forte, flexível e equilibrado. Os exercícios do método trabalham diretamente com os músculos da região pélvica, dorsal e abdominal sem forçar as articulações, um ponto muito importante durante a gravidez. Ao fortalecer essas regiões específicas, o método ajuda o corpo da gestante a se adaptar ao crescimento do bebê e a se preparar para sua chegada e para o pós-parto.

Veja alguns dos benefícios:

  • Fortalece os músculos abdominais, preparando o corpo para o crescimento do bebê.
  • Reduz a dor nas costas ao trabalhar constantemente a região abdominal e lombar.
  • Fortalece o assoalho pélvico, essencial para que o peso da barriga não suprima o intestino, bexiga e o útero enquanto o bebê cresce.
  • Melhora o equilíbrio.
  • Diminui a tensão através de exercícios específicos para gestantes.
  • Ajuda a controlar a respiração.

Nunca fiz Pilates. Posso começar agora?

Sim. Mas antes de iniciar a prática do método é preciso consultar o obstetra ou ginecologista e conversar com o instrutor de Pilates. Este último vai analisar as limitações da gestante e desenvolverá um plano de exercícios personalizado.

Gostou das dicas? Lembre-se que a prática do método deve ser feita sempre com profissionais credenciados. Durante a gravidez, o acompanhamento médico é imprescindível para a prática.

Se tiver alguma dúvida, entre em contato com o Núcleo do Corpo ou agende uma aula experimental.

Referências: http://www.babycentre.co.uk/a563313/pilates-in-pregnancy#ixzz3jI3I1Fx6

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter para receber novidades todas as semanas, prometemos só mandar coisas legais :)



Quer mais informações?

Preencha seus dados abaixo para que não haja dúvidas :)





Champagnat

R. Edmundo Saporski, 80

41 3029-1785