backpain

Pesquisa aponta que dor crônica afeta mais de um terço dos brasileiros

Um levantamento apresentado no Congresso da Sociedade Brasileira de Médicos Intervencionistas em Dor (Sobramid) mostra um preocupante cenário da saúde dos brasileiros: cerca de 37% da população sofre de dores crônicas. E a Região Sul apresenta os números mais alarmantes, com 42% dos habitantes relatando viver com dor.

O estudo conduzido por pesquisadores ligados à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), à Faculdade de Medicina do ABC e à Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED) entrevistou mais de 900 pessoas de todas as regiões do Brasil. Os resultados indicam que a porcentagem notada no Brasil é semelhante à do resto do mundo. “Não existe nenhum tipo de civilização livre da dor crônica”, explica o médico Paulo Renato Barreiros da Fonseca, diretor científico da SBED e um dos autores do estudo, em entrevista ao portal de notícias G1.

Definição da dor crônica

Para o estudo, a dor crônica foi definida quando ocorre por mais de três meses seguidos e persiste mesmo depois de tratada sua causa. As principais queixas de dor crônica tanto no país quanto globalmente são na região lombar e dores de cabeça. A pesquisa ainda revelou que as mulheres são quem mais relatam a dor duradoura. “Os homens procuram auxílio quando a doença coloca sua vida em risco. As mulheres normalmente reclamam mais de dor porque verbalizam mais”, esclarece o médico Charles Amaral de Oliveira, presidente da Sobramid.

O Pilates pode ser a solução

Se você também sofre com esse desconforto, venha para o Núcleo do Corpo! O método Pilates é capaz de controlar ou até mesmo eliminar a dor provocada por diversas causas, seja má postura, permanência em posições por tempo prolongado ou pela existência de patologias (doenças). Com a recuperação funcional estimulada e o controle dos sintomas, sua qualidade de vida melhora tanto quanto a autonomia e a autoestima!

nucleo-dor-cronica2

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter para receber novidades todas as semanas, prometemos só mandar coisas legais :)



Quer mais informações?

Preencha seus dados abaixo para que não haja dúvidas :)





Champagnat

R. Edmundo Saporski, 80

41 3029-1785