Side view of smiling middle aged couple on beach looking off into the distance together. Horizontal shot.

Os 50 são os novos 30?

Houve um tempo em que, ao chegar perto da casa dos 50, já começávamos a nos preocupar com a velhice e todas as coisas que ela traz. Rugas, menos disposição, jovialidade prejudicada, menos interações sociais. Mas já não é assim.

Cada vez mais homens e mulheres têm descoberto uma nova fase com os 50 anos de experiência. Deixam de lado alguns tabus e aproveitam o tempo livre e a estabilidade financeira como devem aproveitar: sem preocupações.

Porém, a preocupação com a longevidade é ainda maior do que quando mais jovens. E é sobre isso que o post de hoje fala.

A longevidade

 

Três fatores são essenciais para a longevidade: bons hábitos, um ambiente saudável e uma genética favorável. Se o último não é o seu caso, você ainda pode ter uma vida mais longa com um pouquinho mais de esforço desenvolvendo hábitos e uma rotina saudável:

  • Saia do sedentarismo: praticar exercícios é o melhor caminho para viver mais. Com trinta minutos diários de atividades físicas, a disposição aumenta e o organismo funciona melhor. Vá para a academia, ande de bicicleta, faça Pilates!
  • Dieta saudável: o segredo da longevidade também está na alimentação. Uma dieta com redução de gordura e açúcar e mais alimentos naturais, como frutas e verdura bastam!
  • Evite excessos. álcool, cigarros e todos os químicos que fazem mal. Eles são o principal inimigo daqueles anos a mais de vida.
  • Relaxe! Evitar estresse também é uma forma muito importante para contribuir com a longevidade. Quem se preocupa menos vive mais.

A menopausa

 

Depois dessas dicas, no universo feminino existe um fator que ainda merece atenção: a menopausa.

Após a última menstruação espontânea da mulher, inicia-se o período da menopausa, que é apenas mais um estágio na vida da mulher. E nessa fase, transformações que aumentam a possibilidade de aparecimento e agravamento de doenças acontecem. Por isso é tão importante dar atenção para a saúde da mulher neste período, para assim, a qualidade de vida aumentar.

Além de tratamentos específicos, o Pilates pode ser um ótimo aliado para aliviar os sintomas da menopausa! Por amenizar os sintomas típicos da variação hormonal, como a TPM e a retenção de líquidos, o método proporciona uma sensação de bem estar visível. Além disso, age na manutenção da força muscular e no aumento da massa magra, melhora a disposição, aumenta a capacidade de concentração e é ótimo para a autoestima!

 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter para receber novidades todas as semanas, prometemos só mandar coisas legais :)



Quer mais informações?

Preencha seus dados abaixo para que não haja dúvidas :)





Champagnat

R. Edmundo Saporski, 80

41 3029-1785