tensao-no-musculo-lombar-700x364

A influência da dor na qualidade de vida

Os dados são alarmantes, em torno de 60 milhões de pessoas no mundo sofrem de problemas reumáticos e dores crônicas, aquelas que permanecem por um período maior que três meses e surgem quando você menos espera.

Quando a pessoa está sofrendo com dores, a qualidade de vida dela cai muito. Quantos de nós já deixamos de fazer alguma tarefa diária e comum, até fácil, porque o incômodo da dor não deixou que aquilo fosse realizado? Esse é um problema grave, que prejudica o cotidiano de todos e pode levar até mesmo a depressão, já que diminuem os contatos sociais e a pessoa acaba entrando numa espécie de bolha de problemas causados pela dor.

Dores nas juntas, na coluna e na lombar são as mais comuns entre homens e mulheres. Muita gente acaba até desenvolvendo febre e inchaço, dependendo da doença. Além disso, esses problemas aumentam consideravelmente no inverno por causa da contração exagerada e da rigidez da musculatura.

Entre as doenças mais relatadas nos consultórios estão a artrite, a artrose e a fibromialgia. Segundo uma pesquisa realizada pelo setor de medicina da Universidade de Montreal, no Canadá, 41% do reumatismo e das dores crônicas atingem os joelhos, 30% as mãos e 10% o quadril, pontos exatos para eliminar a qualidade de vida e tirar a paz dos pacientes.

Outra situação muito comum são as dores por causa da má postura. Trabalhar muito tempo sentado, ficar horas dobrado em cima do celular, não prestar atenção no alinhamento da coluna são ações que podem trazer sérios problemas para o seu corpo e, sim, diminuir sua qualidade de vida.

bigstock-young-man-in-office-with-compu-29935619

Aumente a sua qualidade de vida fazendo Pilates

Quando o diagnóstico da doença é feito rapidamente, os efeitos dela são atenuados. É muito mais difícil eliminar os efeitos do problema quando a dor se torna crônica. Por isso é tão importante a prevenção com exercícios físicos. Todo mundo deve colocar o corpo para funcionar, se movimentar e aumentar a resistência muscular para evitar doenças e as tão temidas dores.

O que muita gente não sabe é que os exercícios liberam endorfina, substância de ação analgésica e essencial para facilitar as articulações do corpo. O Pilates, por exemplo, é um método com eficiência garantida. Muitas pessoas relatam que deixaram de sentir dor depois de começar a fazer. Ou seja, além de prevenir doenças e aumentar a sua qualidade de vida, o método pode amenizar as dores fortes e até estabilizar doenças crônicas.

Além dos benefícios já comentados para a saúde, a atividade física é reconhecidamente uma das melhores formas de aumentar a auto-estima e, consequentemente, melhorar o humor e a qualidade de vida. Só é fundamental ressaltar que no Núcleo do Corpo todos os clientes são orientados por profissionais altamente qualificados, além de todos terem o acompanhamento médico e fisioterapêutico.

IMG_6818

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter para receber novidades todas as semanas, prometemos só mandar coisas legais :)



Quer mais informações?

Preencha seus dados abaixo para que não haja dúvidas :)





Champagnat

R. Edmundo Saporski, 80

41 3029-1785